domingo, abril 15, 2007


Quando andamos pelas estradas percorrendo o país em todas as direcções, é inevitável que nos perguntemos amiúde a razão pela qual não conseguimos viver tranquilamente, gozando as maravilhas que Deus nos deu, em cada curva, em cada canto da estrada.
Timor é realmente muito bonito. As cores, as montanhas inacessíveis, as planícies , o mar, tudo isso é Timor. À frente dos nossos olhos. À nossa mercê. Era só esforçarmo-nos um pedacinho, trabalhar q.b. e estaríamos a fazer de Timor-Leste um país de sonho.
Mas não, preferimos andar uns contra os outros, meio mundo enganando outro meio mundo. E nesse afã de destruição do outro -que é tão só o nosso próximo! - , nem sequer temos tempo para parar, admirar, deleitarmo-nos com a dádiva divina que é Timor-Leste!

3 comentários:

Robiana Florencio disse...

Angela sinto que está com uma grande mágoa! Sei o que sente porque eu sinto o mesmo! Também estou desiludida com o que aqui se passa. Nunca pensei que depois da independencia as interp´ria sd e 1975 estivessem de volta. Pensei que o nosso inimigo fosse só o vermelho e branco, e que os erros de 75 estavm corrigidos ! Mas...enganei-me, alias logo a seguir a passagem da constituinte para as parlamentares sem eleições¡ Triste! Muito triste eu estou!!!!!

Força Ângela! Porque vocês como tem sido até aqui são um exemplo a seguir !... Tenha orgulgo disso...
Robiana

Rubina disse...

Tem razão Angela. Um belo país que merece paz e desenvolvimento :)

AnadoCastelo disse...

Oi lindinha, estou bem. Amanhã ligo-te.
Beijinhos